NÚCLEO DE MEDIAÇÃO PARA VÍTIMAS DE ACIDENTES DE TRÂNSITO

O Núcleo de Mediação Restaurativa de Trânsito (MedTrans), criado há um mês em Minas Gerais pela Polícia Civil e Detran para amparar vítimas e condutores envolvidos em acidentes, tem alta demanda e registrou, somente na última semana, mais de 100 atendimentos. Com o auxílio de psicólogos e sociólogos da Delegacia Especializada em Acidentes de Veículos (DEAV), os cidadãos recebem orientações de como fazer uma representação para a instauração de inquéritos, ou têm acompanhamento na busca de um acordo amigável entre as partes.

A parceria firmada com o Sindicato dos Corretores de Seguros (Sincor-MG) ajuda os envolvidos a reivindicarem o seguro DPVAT evitando fraudes de pagamentos a terceiros. A partir das informações geradas pelas equipes são elaborados relatórios que podem embasar as decisões da polícia na conclusão do inquérito. No caso da possibilidade de acordo, as partes participam de audiências individuais na DEAV onde são respeitadas as necessidades dos envolvidos. Posteriormente é marcada a data da mediação na busca de um comum acordo e assinatura de termo, encaminhado à Justiça para encerramento do caso.

Na avaliação da policial e psicóloga Ellen Carvalho, a ação vai além do objetivo de ressarcir danos ou bens. “Ela é importante, principalmente, por ouvir vítimas que, muitas vezes se sentiam abandonadas. O diferencial deste trabalho é seu caráter restaurativo. Poder proporcionar o encontro dessas pessoas e ver motoristas pedirem perdão às suas vítimas e estas, entenderem que foi, realmente, um acidente, é algo muito gratificante”, afirma.

Fonte: http://www.siprocfcmg.org.br/

 

Postado em: terÇa-feira, 31 de marÇo de 2015

Compartilhar
Compartilhar no Orkut
voltar